Em plena era da informação e da internet, quando engajamento e participação são estimuladas a todo instante, é fundamental investir na construção de uma cultura organizacional na clínica.

Os modelos de negócio são cada vez mais dinâmicos e o capital humano está em alta, portanto, para se destacar no mercado, é preciso contar com uma equipe envolvida e colaborativa que represente, de verdade, a identidade de sua clínica, com todos os seus valores, símbolos e crenças.

Neste post, elaboramos um passo a passo para você estabelecer uma cultura organizacional  em sua clínica. Acompanhe!

O que é cultura organizacional?

Trata-se de um conceito que envolve a rotina, comportamento, mentalidade e identidade de uma empresa. A cultura organizacional consiste de hábitos, práticas, normas e padrões  que norteiam as ações dos funcionários e as interações entre eles, bem como permitem que se sintam parte da organização.

Qual a importância para uma clínica?

Diante da competitividade do mercado, uma clínica com cultura organizacional bem arraigada apresenta diferenciais, como uma identidade fortalecida e uma marca sólida.

Entretanto, os benefícios da cultura organizacional na clínica vão além. São eles:

Engajamento

Funcionários que se identificam com a missão e visão da clínica se tornam mais participativos. Uma cultura organizacional agregadora promove motivação além do salário e dos benefícios.

Satisfação dos colaboradores

A sensação de pertencimento à instituição, reconhecimento e orgulho da qualidade dos serviços prestados, além do crescimento pessoal e profissional e admiração pela equipe e superiores, estão entre os principais fatores relatados por profissionais da área de saúde.

Produtividade

Colaboradores felizes e motivados são, sem dúvida, muito mais produtivos. Além disso, uma cultura organizacional efetiva envolve uma comunicação clara e transparente, o que torna os processos de trabalho mais organizados e eficientes.

Retenção

Uma das maiores razões da busca por recolocação profissional é a insatisfação com o ambiente de trabalho. Funcionários que se identificam com os valores da empresa e estão realizados com o trabalho que executam tendem a permanecer mais tempo na clínica, aumentando a retenção de talentos e possibilitando o aprimoramento da equipe.

Como implementar uma cultura organizacional na clínica?

Assim como qualquer processo que envolva toda a organização, a implementação de uma cultura organizacional envolve diversas etapas, no sentido de englobar todos os setores da empresa.

São elas:

Diagnóstico inicial

Nesse ponto, cabe à liderança da clínica mapear todas as informações que descrevam o cenário atual, tais como: estilo de gestão, planejamento estratégico, modelo de liderança, plano de cargos e salários, clima organizacional, códigos de conduta, entre outras.

Para montar esse panorama, é importante colher a opinião de todos os funcionários, o que pode ser feito por meio de grupos focais, questionários ou entrevistas.

Missão, Visão e Valores

A partir do diagnóstico inicial, é hora de definir, ou revisar, a missão, visão e os valores da clínica.

Assim como em qualquer negócio, a missão de uma clínica deve explicitar o que a empresa faz. A visão define onde a empresa quer chegar em um determinado período de tempo, e os valores são os princípios e ideias que guiam a tomada de decisão.

Esses serão os pilares da cultura organizacional, sendo os valores os seus condutores, influenciando, inclusive, as relações com pacientes e fornecedores.

Diretrizes da cultura da empresa

Uma das bases de sucesso de uma cultura organizacional é a transparência e clareza na comunicação com os colaboradores. Afinal, eles serão os responsáveis por vivenciar a cultura na prática e propagar seus princípios e valores.

Um documento, tal qual um Manual de Conduta ou de Boas Práticas pode ser criado, documentando as diretrizes, bem como as orientações para o dia a dia, uma vez que essas práticas definem a cultura adotada, tais como:

  • códigos de vestimenta;

  • política de horários, turnos, atrasos, banco de horas, plantões etc;

  • rituais comemorativos: resultados alcançados, aniversariantes do mês entre outros;

  • normas da ética médica.

Uma cultura organizacional na clínica é capaz de promover um ambiente harmônico e uma equipe engajada, refletindo diretamente na percepção que os pacientes têm da empresa e nos índices de satisfação dos clientes.

Gostou deste artigo? Para saber mais sobre gestão de clínicas, assine a nossa newsletter  e receba nosso conteúdo por e-mail.