Visando oferecer cada vez mais serviços em um só lugar, diversas clínicas vêm optando pelo comodato de telemedicina como forma de viabilizar essa tendência. 

Em um pacote de serviços que associa infraestrutura e tecnologia, o comodato de aparelhos médicos surge como uma solução que oferece vantagens administrativas e clínicas, beneficiando pacientes por meio da telessaúde

Quer saber mais sobre o assunto? Então não deixe de ler este post!

O que é comodato de telemedicina?

Em termos jurídicos, o comodato é o empréstimo gratuito de coisas que não podem ser substituídas por outras semelhantes. 

O comodato já é largamente utilizado em outros setores, como as áreas de informática e telecomunicações, e atualmente vem se popularizando no setor de saúde como uma alternativa para clínicas e hospitais. 

Diversos equipamentos médicos podem ser adquiridos em sistema de comodato, tais como bombas de infusão, holter, eletrocardiógrafo e outros. Além disso, aliado à telemedicina, o comodato oferece às empresas contratantes o serviço de emissão de laudos médicos à distância e outras funcionalidades. 

Como funciona?

Ao contrário da compra desses aparelhos médicos, que demanda um investimento alto, a locação em comodato permite à clínica disponibilizar o procedimento aos seus pacientes rapidamente. 

Em geral, os contratos contemplam um tempo de adequação, treinamento da equipe e divulgação dos serviços antes do primeiro pagamento, poupando o capital de giro do negócio.

Além disso, a clínica pode agendar a permanência do equipamento de acordo com a demanda. Caso não haja procura para determinado exame que justifique, é possível abrir a agenda para aquele procedimento apenas em determinados dias da semana e ter o aparelho em comodato somente nesses dias. 

Junto com o aluguel em comodato, a empresa adquire um pacote de serviços associados, que incluem desde treinamento e manutenção das máquinas, com substituição quando necessário, à emissão de laudos dos exames realizados. Dessa maneira, a clínica fica dispensada da necessidade de contratar um especialista, já que contará com um remotamente, sempre que precisar.

Aos comodatários cabe conservar o equipamento e usá-lo conforme estabelecido em contrato, além de arcar com as despesas de utilização, como energia, insumos etc.

Quais são os principais benefícios?

As vantagens de adotar a telemedicina são inúmeras, impactando a gestão da clínica e o atendimento, beneficiando profissionais de saúde, pacientes e empreendedores. 

A seguir, alguns dos benefícios que tornam o comodato de telemedicina uma opção lucrativa para clínicas de saúde:

Especialista para fazer os laudos

Ao contar com um especialista remoto para a elaboração dos laudos, a clínica economiza e pode reinvestir em tecnologia. Além disso, permite que sejam oferecidos exames específicos em áreas remotas, em que não há disponibilidade de determinados especialistas, aumentando o acesso da população à saúde. 

Para realizar os exames é necessário apenas o técnico de enfermagem treinado. 

Agilidade

Com o envio dos resultados online e a emissão remota de laudos, tudo feito via internet, podendo ser acessado de qualquer lugar, o processo se torna muito mais ágil. Resultados mais rápidos reduzem o tempo de espera do paciente e aumentam o nível de satisfação.

Lucratividade

O aumento dos lucros se dá não só pela economia com a compra de aparelhos e contratação de médicos, como também pela oferta de novos serviços e aumento da produtividade, se tornando um diferencial competitivo para a clínica. 

Dessa maneira, o comodato de telemedicina, junto a consignação de material hospitalar, vem se tornando uma forte tendência no setor de saúde, garantindo a oferta de serviços qualificados para os pacientes e a possibilidade de ampliação da margem de lucro das clínicas. 

Gostou deste texto? Assine a nossa newsletter e fique por dentro de outras novidades da telemedicina.