Você já ouviu falar no programa 5S? Trata-se de uma técnica de origem japonesa, que surgiu ainda nos anos 60 e, desde então, vem sendo aplicada com sucesso em empresas de todo o mundo. Portanto, se você deseja ter uma clínica organizada e com qualidade tanto para os pacientes como para os colaboradores, a implantação dessa metodologia pode ser uma boa ideia.

No post de hoje vamos lhe explicar como o programa 5S funciona para que você saiba como aplicá-lo na sua clínica. Em cada etapa desse método, um senso deve ser desenvolvido, causando modificações na cultura organizacional. Conheça cada um deles.

Senso de Utilização (Seiri)

Nessa etapa do programa 5S é necessário conscientizar os colaboradores da importância de organizar os recursos disponíveis na clínica de acordo com sua frequência de uso, facilitando assim a realização das tarefas.

Se um determinado produto utilizado na realização de exames médicos é usado com mais frequência que outro, deve estar guardado em um local de mais fácil acesso, por exemplo. Isso fará com que se ganhe tempo, evitando longos períodos para encontrar aquilo que é necessário.

Senso de Organização (Seiton)

Manter o ambiente de trabalho sempre organizado otimiza o processo produtivo em qualquer empresa e, na sua clínica, não é diferente. Tudo precisa ser muito bem organizado, desde as mesas de trabalho até as pastas nos computadores de uso comum.

Essa organização, além de proporcionar um local de trabalho mais harmonioso, também facilita a execução dos trabalhos na clínica.

Senso de Limpeza (Seiso)

O senso de limpeza se refere tanto ao ambiente de trabalho como ao próprio aspecto de aparência pessoal dos colaboradores. Afinal, de nada adianta ter uma empresa organizada se não for bem limpa, principalmente quando falamos em clínicas médicas local onde a higienização é fundamental até mesmo para evitar o contágio de doenças.

Uma ideia interessante para que todos os colaboradores da clínica saibam qual é o padrão de limpeza exigido é fazer uma foto do ambiente quando ele estiver totalmente limpo e organizado e fixá-la em murais ou em outro local onde fique visível para todos.

Senso de Padronização (Seiketsu)

Depois de o ambiente da sua clínica ter sido bem organizado e limpo, chegou o momento de tornar isso um padrão, modificando assim alguns dos princípios da cultura organizacional.

Para fazer o controle das ações e garantir que tudo ocorra como o previsto, pode-se delegar a um colaborador a tarefa de fiscalizar os colegas e alertá-los quando estiverem fazendo algo que não condiz com os princípios do programa 5S.

Senso de Disciplina (Shitsuke)

A disciplina funciona nessa metodologia como um processo de autogestão, ou seja, com o passar do tempo, os próprios colaboradores deverão ter consciência da importância dos seus atos para o bem comum na organização.

Além disso, conforme novos funcionários forem sendo admitidos pela empresa, os antigos poderão ajudá-los a identificar seus erros e torná-los também excelentes para a clínica, de acordo com o que prevê a metodologia japonesa.

Implantar o programa 5S na sua clínica irá melhorar a eficiência do estabelecimento, bem como proporcionar um atendimento de qualidade para os pacientes e um bom local de trabalho para os colaboradores. Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário!