Todos os profissionais que já trabalharam ou trabalham em regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) já passaram por exames admissionais e demissionais. Essas etapas são exigidas por lei e devem ser cumpridas pelas empresas como forma de assegurar a plena saúde do colaborador.

Mesmo que essa prática seja bastante comum, algumas pessoas ainda não sabem quais tipos de exame serão realizados na fase de admissão. Há dúvidas, inclusive, sobre quais análises não podem ser solicitadas. Afinal, algumas vezes, o empregador pode fazer o pedido de exames proibidos.

Para te ajudar com isso, listaremos abaixo quais são os exames exigidos em lei para o trabalhador e também aqueles que têm a solicitação proibida. Confira!

Quais são os exames admissionais obrigatórios?

Antes de qualquer informação é importante deixar claro que qualquer exame dessa categoria — admissional ou demissional — só pode ser realizado por um médico especializado em medicina do trabalho. Ele terá a habilidade necessária para conduzir esta etapa e emitir o ASO (Atestado de Saúde Ocupacional) no final. Conheça os exames!

Anamnese Ocupacional

A anamnese se trata de uma entrevista que o médico faz com o trabalhador. Ele reúne uma série de perguntas com a intenção de saber sobre antecedentes na saúde daquela pessoa, como era o trabalho dela no último emprego, se era exposta a risco à saúde, descobrir se ela já passou por intervenções cirúrgicas, se possui alguma doença, como é o tratamento, dentre outros aspectos.

Pressão arterial e batimentos cardíacos

O médico especializado também deve checar nos exames admissionais qual é a condição da pressão arterial e dos batimentos cardíacos do funcionário. De forma comum, ele fará a medição no consultório para analisar se ambos estão dentro da normalidade. Caso o paciente já tenha tido qualquer problema cardíaco ou de pressão, é importante deixar claro nesse momento.

Saúde das articulações

Principalmente em profissões que exijam esforços ou posições repetitivas, há uma grande importância em checar a saúde das articulações. É possível que alguma lesão tenha acontecido em antigos empregos e, se o emprego atual demandar os mesmos esforços, o quadro pode se agravar. Por isso, é comum que o médico avalie a postura, movimentos e possíveis lesões articulares.

Terceirize agora seus laudos médicos através da Mais Laudo

Funções de risco

Para os profissionais que exercem funções de risco, como exposição a agentes físicos, químicos e biológicos, é preciso realizar alguns exames admissionais complementares. Eles são importantes para garantir a preservação da saúde do colaborador, que será checada nos exames médicos periódicos.

Quais análises são proibidas na admissão?

Tanto na admissão quanto nos exames periódicos ou demissionais, existem alguns exames proibidos de se solicitar ao funcionário. Eles são encarados como discriminatórios e nenhuma empresa tem liberdade para pedi-los.

Teste de gravidez

As mulheres têm o direito garantido a licença maternidade e, por conta disso, ilegalmente, algumas empresas podem solicitar o teste de gravidez. É importante saber que essa atitude não é permitida pelo Ministério do Trabalho.

Teste de HIV

Outra análise que não faz parte dos exames admissionais é o teste de HIV. Solicitar esse exame para qualquer profissional é proibido e deixar de contratar alguém por ser soropositivo é uma atitude discriminatória.

Conhecendo o procedimento que faz parte da contratação de funcionários, fica mais fácil entender quais exames admissionais podem ser pedidos pela empresa. Aproveite para saber sobre os 5 exames que todos os funcionários devem fazer e tire suas dúvidas!

 

Facebook Comments