Você já ouviu falar sobre telessaúde? É a utilização de tecnologias de informação e comunicação para transmissão e organização de informações e serviços em saúde. Ou seja, com a telessaúde, as barreiras geográficas e temporais são quebradas e, hoje, médicos e outros profissionais da saúde podem obter novas experiências e trocar informações mesmo que estejam distantes.

Dentro da telessaúde, há uma categoria chamada telemedicina. Assim, a telessaúde é um termo mais abrangente, que engloba todos os serviços de transmissão de informações sobre saúde por meio de tecnologias da informação, como a internet. Já a telemedicina refere-se a serviços mais específicos, complementares às práticas médicas, como o recebimento de exames e a emissão de laudos médicos a distância.

Confira, a seguir, quais são as maiores vantagens desses serviços para as clínicas de medicina ocupacional!

1. Agilidade nos laudos

Um dos segmentos da telemedicina que mais cresce atualmente é o de emissão de laudos a distância. Hoje, basta ter acesso à internet para, após a realização de um exame, enviar os dados para uma empresa de telemedicina. Lá, um médico especialista pode fazer o laudo do exame, que será informado em até 24h.

Na medicina ocupacional, alguns profissionais precisam fazer exames específicos rotineiramente. Nesses casos, o uso da telemedicina agiliza os resultados e a empresa e o trabalhador podem saber de imediato quais são os próximos passos a serem dados.

2. Acesso rápido a médicos especialistas

Anteriormente, toda clínica médica precisava ter disponível, em tempo integral, um corpo clínico com todas as especialidades. Isso, além de ser muito dispendioso, é uma dificuldade em algumas regiões do Brasil.

Hoje, com a ajuda das novas tecnologias e da telemedicina, isso deixa de ser uma obrigação. O resultado dos exames pode ser enviado pela internet e o laudo é feito por equipes médicas compostas por especialistas experientes em qualquer local do país.

3. Redução de custos

Entre os maiores benefícios do uso da telessaúde está a redução de custos. Primeiramente, a clínica não tem de investir em infraestrutura para a emissão de laudos, pois o centro de documentação fica localizado em outro lugar.

Também não é necessário manter um corpo médico completo disponível em tempo integral. Além disso, a unidade não precisa arcar com os custos de armazenamento, pois todos os laudos ficam arquivados em um sistema on-line.

4. Aumento da capacidade de serviços

Uma empresa de telemedicina tem suporte em tempo integral. Por isso, os resultados são rápidos e eficientes. E mais: as operações são seguras, já que os laudos ficam armazenados virtualmente. Graças à agilidade e à segurança dos processos, uma clínica médica que conta com o apoio da telemedicina tem capacidade para melhorar sua prestação de serviços.

5. Clientes mais satisfeitos

Com o uso da telemedicina, os pacientes e as empresas que contratam os serviços da clínica ficam mais satisfeitos. Quando o laudo é entregue com rapidez, o paciente não precisa esperar para dar início ao tratamento e a empresa sabe como agir com o colaborador, o que significa ganho de tempo e redução de custos.

Além da emissão de laudos, a telessaúde e a telemedicina abrangem outros serviços, como a teleassistência (acompanhamento do quadro clínico do paciente) e a teleducação. Por seus inúmeros benefícios, a telessaúde vem sendo cada vez mais usada por clínicas de saúde ocupacional que desejam otimizar o tempo e melhorar a qualidade dos atendimentos.

Quer saber mais sobre temas relacionais à saúde do trabalhador? Então, assine nossa newsletter e receba outros conteúdos como este!