A tecnologia da informação implantada nas clínicas de medicina ocupacional deve ser sempre considerada como um investimento. Isto porque algumas tecnologias utilizada nos serviços de saúde podem atrair novos clientes e favorecer o crescimento da empresa. Porém, essa implantação deve ser pensada de forma estratégia para não comprometer o fluxo de caixa já existente.

A tecnologia na saúde pode ser instituída para beneficiar os colaboradores da clínica na execução de suas atividades, como também no atendimento aos clientes.

Confira a seguir as principais vantagens do uso da tecnologia na saúde e avalie quais delas seriam mais interessantes para a sua clínica de medicina do trabalho.

Digitalização de documentos

O volume de documentos gerados nas clínicas de medicina ocupacional é grande e, muitas vezes, necessário para atender à legislação do Ministério do Trabalho. Por isso, uma alternativa para reduzir os gastos com papéis e a geração de resíduos e ainda preservar o meio ambiente é a digitalização de documentos.

Este processo acontece em quatro etapas. A primeira delas é a preparação dos documentos, que consiste em remover grampos, clipes, espirais ou qualquer objeto que possa atrapalhar o processo. Em seguida, ocorre o processo de captação das imagens. Depois, é feita a conferência do documento digitalizado para, então, ser indexado conforme as pastas previamente denominadas.

A digitalização de documentos garante a segurança contra deterioração dos papéis, permite o armazenamento com senhas, além do acesso rápido às informações desejadas. Esta tecnologia permite o que chamamos de gerenciamento eletrônico de documentos.

A implantação dessa tecnologia, em geral, não é tão onerosa para as empresas e o custo é apenas o de manutenção das máquinas.

Laudos médicos a distância

Uma estratégia bastante utilizada pelas clínicas de medicina do trabalho tem sido a emissão de laudos a distância.

Laudos médicos são resultados dos exames realizados nas clínicas de saúde ocupacional e enviados para as empresas contratantes. Este envio pode ser feito por e-mail, aplicativos de dispositivos móveis ou outra ferramenta eletrônica.

As clínicas de saúde ocupacional que optarem pelo serviço receberão os laudos dos pacientes e encaminharão às empresas solicitantes, evitando a impressão desses documentos. Esse processo diminui os gastos com papéis e outros materiais para envelopar os exames.

Além disso, os laudos médicos emitidos a distancia possuem a mesma qualidade visual e técnica de um laudo convencional. Porém, há a vantagem de obter o resultado mais rápido, agilizando o atendimento.

A implantação dessa estratégia não sobrecarrega os serviços da empresa e pode ser feita de forma experimental por meio de contratos de serviços.

Implementação de software para gerenciamento das atividades

A implementação de um software pode gerenciar e organizar todos os processos da clínica de medicina ocupacional. Por meio do programa, é possível inserir informações sobre contas a pagar, contas a receber, fluxo de caixa, emissão de boletos e notas fiscais.

Os dados referentes à medicina do trabalho são os exames cadastrados por pacientes. Estes servirão de base para a organização dos documentos exigidos pela legislação, como Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), Atestado de Saúde Ocupacional (ASO), prontuário eletrônico, controle de agenda dos serviços etc.

As informações sobre segurança do trabalho geradas pelo programa permitem controlar a distribuição dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), gerar relatórios do Perfil do Profissional Profissiográfico (PPP) e elaborar mapas de risco e do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA).

Portanto, a tecnologia da informação associada às clinicas de medicina do trabalho pode aumentar a produtividade e gerar organização.

A implantação dessa tecnologia pode ser considerada a de maior custo dentre as já citadas. Por isso, deve ser programada adequadamente, considerando gastos, treinamento de colaboradores e imprevistos.

Personalização do atendimento

A personalização do atendimento é garantia de melhor produtividade na empresa. Por meio da análise do perfil dos usuários da clínica e das empresas solicitantes, é possível verificar as principais demandas.

As clínicas de medicina do trabalho podem desenvolver estruturas de serviços direcionados a cada setor. Para as empresa solicitantes, é comum desenvolver um pacote de serviços incluindo exames admissionais, demissionais, de retorno ao trabalho, além de emissão de laudos a distância e monitoramento remoto dos serviços.

Para atender à demanda dos trabalhadores, é possível readequar o horário de atendimento conforme as necessidades dos clientes e enviar laudos dos exames pelos aplicativos de dispositivos móveis, como smartphones e tablets.

Outro serviço importante é a disponibilidade de atendimento via telefone, e-mail, chat e mensagens textuais com colaboradores que atendam de forma eficiente, educada e objetiva. A diversidade de formas de comunicação nos dias de hoje é um diferencial das empresas que estão preocupadas com seus clientes.

Avaliação financeira na implantação das tecnologias

Como todo processo de implantação de tecnologias de saúde, deve-se avaliar as metas a curto, médio e longo prazo.

No primeiro momento, deve-se considerar se o investimento inicial está dentro do orçamento previsto pela  empresa. É fundamental fazer cotações em empresas que fornecem as tecnologias de interesse e procurar referências de outros clientes sobre os serviços de instalação, assistência técnica e manutenção.

Em seguida, é importante projetar a produtividade após um tempo de implantação da tecnologia: avaliar os possíveis problemas, como melhorá-los e se o custo pela manutenção da tecnologia ainda estará favorável à continuidade dos serviços.

Ao longo do tempo, é necessário fazer um balanço de vantagens e desvantagens da implantação da tecnologia na clínica. Faça uma análise de custos antes e depois dessa implantação.

Em alguns casos, será possível reduzir custos de aquisição de insumos, diminuição de energia e redução dos colaboradores, quando aplicável.

O gestor das clínicas de medicina do trabalho deve avaliar a melhor tecnologia a ser implantada e o impacto que essa atividade causará na rotina do trabalho. Em alguns casos, será necessário readequar os serviços, aumentar a área física do estabelecimento, investir em estratégias tecnológicas ou contratar funcionários especializados.

A tecnologia na saúde proporciona melhoria aos serviços da clinica de medicina ocupacional e ao atendimento do paciente. Por isso, é fundamental analisar os custos de sua implantação com as possibilidades de crescimento da empresa no futuro.

Viu só como é importante investir em tecnologia na saúde para sua clínica? Saiba mais como os laudos online agilizam o atendimento.

Facebook Comments